segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

... e um próspero ano de 2009

Que seja um ano feliz para todos, com muitos sorrisos e motivos para criar boas memórias. Um ano de esperança e um ano que possa ser lembrado como um início de uma boa etapa nas vossas vidas.

Bom 2009.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Foste embora

Foste assim, sem mais nem menos
levaste esses olhos teus.
Sem beijinhos nem acenos,
vi-te os cabelos morenos
que me diziam adeus.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Um santo Natal...

... é o que desejo a todos os meus amigos leitores. Que a noite de 24 seja passada com muitos sorrisos e com aqueles que vos são queridos. Bem hajam todos.

sábado, 20 de dezembro de 2008

Questões do dia-a-dia XX

- Um "beijinho grande" é a mesma coisa que um "beijão pequenino"?

- Por que razão as beatas ao Domingo insistem no campeonato "Eu-canto-mais-alto-que-tu-portanto-estou-mais-perto-do-Senhor". É que por vezes fico com dores de cabeça...

- Qual é a cena de se pedir "um copo com água" em vez de um copo de água?

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Com mulheres não se brinca... nem se joga

Lilí Alvarez (1905-1998) foi a primeira tenista espanhola a gozar de algum reconhecimento na Europa e nos Estados Unidos da América, devido aos seus êxitos desportivos. Foi por três vezes semifinalista do torneio de Roland Garros e por outros três finalista em Wimbledom.
Certo dia, foi-lhe apresentado o marechal Foch, que lhe disse: «senhorita, nunca me atreveria a propor-lhe uma partida de ténis». Lilí não tardou a responder: «não se preocupe, senhor marechal. Tampouco eu lhe declararia guerra a si...».

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Questões do dia-a-dia XIX

- Por que raio é tão difícil encontrar uma fonte para onde as pessoas não mandem moedas?

- Porque continua a haver gente que está no 3.º andar e quer vir para o rés-do-chão, vê que o elevador está no 2.º e carrega na seta para cima?

- O rato do deserto precisa de um novo layout?

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Polls do deserto VII - o jornalismo em Portugal: os resultados

Acabada que está a mais recente poll do rato, é tempo de fazer o rescaldo. Dizem os estimados leitores, na sua grande maioria (11 votos que correspondem a 52%) que os jornalistas portugueses tendem a "acrescentar um ponto" (perdoem-me a muleta tradicional) às histórias que têm a responsabilidade de contar. 24% dos votantes (5 votos) afirmam que o jornalismo em Portugal deixa muito a desejar, mas deixam em aberto a hipótese de verem melhorias no trabalho dos não tão ilustres membros da sociedade de informação.
Convido ainda os estimados leitores a analisarem (e a participarem, se vos aprouver) o debate que se gerou na área de comentários do post que lançou a poll. O Davi Reis assume-se triste pelo fraco reconhecimento que a classe dos jornalistas tem em terras lusas e pela instrumentalização da classe em prol de outros interesses que não o de informar, mas a minha amiga Proprietária sublinha que culpar o sistema é «culpar o nosso próprio silêncio e inércia». Uma questão premente, de resto.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Kaiser in stage diving mode

video
O prometido é devido. Ei-lo que aí está, o nosso estimado visitante Kaiser, há cerca de 12 anos, a fazer o mais bonito stage dive a que alguma vez tive oportunidade de assistir (e já assisti a alguns...). Reparem como ele se prepara mentalmente antes de "voar" para o público, destemido. Nesse momento, a banda (nós, portanto) ficou remetida para um papel secundário, dadas as capacidades de águia do Di Cesaris. Ah, sim, e ele está mesmo de pijama. Na altura, parecia uma boa ideia, certo?
A versão quase trash-metal que tocamos reza «Iubilate Deo omnis terra: servite Domino in laetitia». A tradução é qualquer coisa como "Rejubilemos no Senhor em todo o mundo, e servi-Lo-emos com alegria".
O Kaiser deixou-se levar pelo sentimento, está visto...